2/19/2011

Eu nao sou exagerado

Duvido que eu volto!
Tenho certeza daquelas absolutas que eu vou pro Brasil pra ficar lá! Certeza, eu ia agora, com a cabeça alucinada da viagem da Austrália. Alucinante mesmo, porque o lugar é louco, e é do lado do lugar mais cheio de desenganados, Aukland! Pra deixar as coisas mais com cara de delírio, eu dormi nada. Seis dias de viagem e poucas horas de sono! Embarcar pro Brasil em seguida, mais 15 horas de rush no céu de fevereiro. Do deserto onde moro para a Cidade da Garoa. Nao faz sentido. Assim me empolgo mais, dentro de uma contra mao.
Napoleao, me espera!
Vou roubar voce!
Tenho certeza que vou lá e vou ficar. Aquela  vontade de virar as costas e viro mesmo. Sei lá. Acho que tem duas coisas que me prendem à Cidade de Plástico, uma é vida que dá uma grana, mas que nem é lá grande coisa, mas tem o tempo livre em lugares e em tempos diferentes. É a motivaçao prática para a entrada do Chatíssimo Plano Metódico Infalível, que nem é tao chato assim, e nem tao metódico, infalível?
Mas que dá vontade de virar as costas e ser só  o que eu sou, rasgar essas camadas de pele, deixar no chao e sair andando pisando por cima.

Uma pergunta de importancia extrema que nao quer calar e vive batendo nos dois lados do meu cérebro:
quanto de álcool posso levar para o Brasil?

Eu sou a labareda!
Está sol lá fora! Vou pra cama!

4 comentários:

Velho Santiago disse...

meu caro... em meio a tanta pressa, tente um café com este velho. Velho amigo.

Alex Wildner disse...

Hey, velho amigo!
Tanta pressa mesmo, voce nao tem ideia das coisas loucas que começaram a me acontecer desde uns dias antes de eu sair de Dubai e vir pra Sao Paulo. Cheguei em Sampa e mais coisas malucas aconteceram! Ate a hora q eu cheguei na casa dos meus pais no interior, tudo de estranho aconteceu, coisas bem legais e nada agradáveis. Tudo vai vira fantasia, isso é garantido!
Abraço!!!

Anônimo disse...

Por onde voce anda?

Anônimo disse...

"Já ouviu dizer que o coração é poderosíssimo? Que ele sente e bate tão forte quando sentimos algo emocionante, que ele pode nos matar de medo ou de amor? Mas este mesmo coraçao, lindo e que faz minha vida se mover sobre a Terra, não pode enchergar nem ouvir, e muito menos adivinhar, ele simplesmente escolhe entre um sentimento e outro, humilde, ele espera sempre por noticias que meus olhos e ouvidos oferecem a ele... "