1/03/2011

Don`t hold back!

...preciso dos meus queridos insanos e dos desequilibrados ao meu lado novamente... acho que estou sozinho e me autopreenchendo... e quando eu chorar, entao será derramado fogo sobre meu rosto...


...eu sempre aumento o volume, desligo o som... aumento mais... desligo com um chute... aumento ao máximo e ainda grito... 
...eu quero ver a fumaça subir e saber que eu fui o responsável pelo incendio, por todo o incendio do mundo... do meu mundo!


uma adorável calamidade pessoal!

PRESS THE BUTTON


8 comentários:

Anônimo disse...

Calamidades não acontecem sempre. Elas mudam o rumo dos fatos. Se você vive uma agora, ou ainda melhor, se você é uma calamidade, vá e enlouqueça. Você veio pra marcar, pelo menos pra marcar as peles raras, parecidas com a sua.
Espalhe a catástrofe!

Anônimo disse...

Catastrofe eh acabar a champagne na Daslu. Imagine ter de bater papo com qualquer um, de sobrenome Tranquesi, sobrio?

José María Souza Costa disse...

Parabens pelo blogue e pelas postagens
Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Tempo Agradável, Harmonioso e com Sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito Simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Se tiveres tuiter, e desejar, é só deixar que agente segue.
Um abraço e fique com DEUS.

http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

Peque disse...

Por que o anônimo fica anônimo?
"Inútil dormir que a dor não passa..."

Alex Wildner disse...

para: anonimo 01 - Ando espalhando o caos, a catastrofe, o fogo, o ímpeto... mas parece que quanto mais disparo, mais eu me atinjo... Serei eu o meu alvo?

para: anonimo 02 - Já é difícil conversar com "qualquer um", estando sóbrio, imagina um com um sobrenome desses? Hahaha. Em todo caso, levemos nossa própria champagne na bolsa!

para: Peque - o anonimo é assim mesmo, ele sao eles! Já eu, nao sei dormir a dor que nao passa, eu troco de lugar, e passo a noite que nao durmo...

Velho Santiago disse...

Eu grito pra dentro, que é onde eu mais me escuto. E fico surdo com meu grito. Não grito para os outros, pois eles não me escutam o suficiente. Grito alto é grito baixo, é coisa pra gente. Eu jamais conversei com alguém que não conheço perguntando o nome antes, mále educação minha, eu sei. Mas não quero ser iludido pelo preço a se pagar. Por sorte n conheço sobrenomes, não conheço mentiras: todos são a si mesmo e suas verdades mais que verdadeiras. Pra mim, aprecio mais, infinitamente mais, uma fome bem compartilhada do que uma champanhe contrabandeada. Lembra, caro Let´s go, qdo bebemos o pior vinho de nossas vidas (akele Catafesta)? E ele foi mais do que suficiente para crescer nossa amizade naquela noite de briga e discussão... Fico com a fome e com as pessoas sem sobrenome.

Betinho disse...

Uma palavra, CARNAVAL. Where in the World will be Carmen Sandiego, aka Alex WILD?

Alex Wildner disse...

Para: Betinho - Carmen Sandiego estará sempre onde e quando voce pensar nela... ela nunca abandona seus queridos, mesmo quando desaparece!
Mas rumores ecoam por aí dizendo que Carmen estará no país maravilhoso entre os dias 21 e 28 de fevereiro...