11/07/2006

Proscritos & Polêmicos

frenético e duvidoso.



A revista “Proscritos & Polêmicos” surgiu e agora ousa ser um herói!
Talvez os heróis sejam somente ousados, mas talvez não. O que se sabe é que todos eles começaram assim mesmo.
A revista ambiciona ser um guia para os que não enxergam no escuro. Um guia para o esclarecimento.

A arte escrita universal acontece e o público não conhece o caminho para tocá-la. Aqui será seu ponto de encontro. Uma teia de linhas e entrelaces.

Proscritos & Polêmicos, cuja temática é uma seleção de escritores da literatura universal que, ao destacarem-se, foram perseguidos, banidos e/ou proibidos, é uma revista que vai atrair o interesse do público para o universo das letras, que foi tão, ou mais importante e poderoso quanto à mídia televisiva nos dias de hoje, claramente mais profundo e verdadeiro.

Estranho dizer que foi. Ainda o é. A percepção geral é que condena os verbos ao pretérito perfeito, simples. Tão simples e imperfeito. Ou não. Os artistas podem parecer imorais e tortuosos. Aqui são chamados de amorais e voadores. Mas essa é uma opinião. Qual é a mania de se ver saídas mesmo dentro de labirintos? Realmente eles tinham suas manias e excessos. Mas a essência que os perfuma não é de todo nem por todos sentida.

A polêmica e a expulsão de cada edição será dedicada a um artista diferente, não tendo ordem cronológica dos autores nas publicações (aparecendo Oscar Wilde antes de Friedrich Nietzsche, por exemplo), evitando assim, o cansaço e a espera por escritores da preferência de determinados leitores, ao mesmo tempo em que é criada uma expectativa no mesmo.

A relação da literatura com o mundo prático é imensa; ideologias, costumes cinema, marketing e muito do que é visto diariamente foi idealizado e colocado em prática dentro da história da literatura.

Este produto foi projetado e elaborado na busca de despertar o leitor que não sabe como correr, ou começar a caminhar, no mundo das letras.
Espera-se voar agora! Voar como os que aqui serão citados (entenda reverenciados), fizeram.

As asas já foram dadas.


Um comentário:

Namorada disse...

Oi meu amorrr!!!!
Adoro ler seus textos!!!
Escreve mais vezes aqui...qdo tiver um tempinho, lógico!

Te amo!
Bjinhos